Mercado de perícias finaliza o ano com saldo positivo, e agora foca em crescimento para 2022

Posted Wednesday, December 29th 2021
Mercado de perícias finaliza o ano com saldo positivo, e agora foca em crescimento para 2022

Apesar das dificuldades ocasionadas pela pandemia da COVID-19, profissionais das diversas frentes de perícias observaram um ano de crescimento significativo nas demandas de serviços, além de uma série de mudanças na forma de execução dos trabalhos, algumas atreladas à própria crise sanitária.

“Na nossa avaliação, o ano de 2021 vem confirmando a tendência que temos observado nos anos recentes, uma demanda crescente e maior exigência por profissionais/empresas especializadas para atuar no mercado de perícias. A HECT vem acompanhando esse movimento, investindo na capacitação de seus engenheiros, de modo a conseguir, a cada ano, aumentar a sua participação em disputas complexas, seja atuando como Perito ou como Assistente Técnico de uma das partes”, afirma Guilherme Campos, da HECT Consultorias, em relação às perícias de engenharia.

Já Eduardo Vaz de Mello, da Vaz de Mello Consultoria, relata que o retorno dos eventos presenciais proporcionou um alto fluxo de informações e experiências entre os profissionais da área.

“A movimentação nas Câmaras de Arbitragens foi intensa, resultando em várias perícias. Tivemos ainda, vários eventos de perícias nas arbitragens, tanto nacionais quanto internacionais, que antes estavam restritos a encontros presenciais limitados, porém passaram a ser liberados com ampla participação. Passamos a conhecer melhor as expectativas dos tribunais arbitrais em relação às perícias, ao mesmo tempo que os arbítrios passaram a conhecer a complexidade dos nossos trabalhos”, disse.

Mauro Stacchini Jr, da Actual Contabilidade e Perícias, ressalta que além do crescimento no número de casos, o ano apresentou inúmeras transformações para os profissionais de perícias contábeis.

“O ano de 2021 representou uma transição na forma de execução dos trabalhos, em face do Home Office, face à complexidade de atuação em equipe para realizar diligências, fazer levantamentos e análises, discussões técnicas internas e com os clientes e partes e por fim entregar como sempre laudos e pareceres com excelência. O mercado andou bem com muitas demandas, algumas inclusive por conta da pandemia”, afirma.

Para 2022, os três profissionais observam que o mercado de perícia se encaminha para um ano com balanço geral positivo. Espera-se um aumento nas contratações de serviços e, como consequência, crescimento econômico.

“Nossa expectativa é bastante positiva. O mercado de perícia deve continuar a se desenvolver, seguindo a tendência dos últimos anos, e esperamos também o aquecimento da indústria da construção. Dado o amadurecimento do mercado de engenharia em termos da relevância da administração contratual, a nossa perspectiva é que estarão presentes as condições para seguirmos crescendo, atuando tanto de forma preventiva, na fase de execução das obras, bem como na resolução de disputas que, neste segmento, são por vezes inevitáveis”, afirma Campos sobre a área de engenharia.

Para Stacchini Jr, esse crescimento é resultado do entendimento das empresas da necessidade de se ter uma assessoria para as perícias, assim, gerando um aumento na busca de profissionais da área.

“A perspectiva para 2022 é que será um ano melhor que 2021, já que teremos a retomada da economia a partir da metade do ano. As empresas clientes também estão entendendo melhor a necessidade de ter uma boa assessoria na área de perícias, buscando escritórios como a Actual, estruturados e equipados, a fim de mitigar condenações e obter êxito em suas demandas, sejam arbitrais ou judiciais, em todas as áreas do direito (empresarial, tributária e de família)”, concluiu.

Porém, Mello ressalta que mesmo com o crescimento do mercado, os profissionais da área devem se atentar para as constantes atualizações necessárias para o aprimoramento dos trabalhos.

“A lamentável pandemia repercutiu no equilíbrio econômico-financeiro dos contratos de prestação de serviços, assim como as intensas variações nos custos das obras além dos limites previsíveis. Portanto 2022 será um ano de muito trabalho para os profissionais da área de perícias de engenharia. A intensa troca de experiências durante 2021 deve colaborar muito para o aprimoramento dos trabalhos em 2022, sempre atentos à necessidade de constante atualização, com enfoque em tudo que possa interferir na qualidade e na confiabilidade de nossos trabalhos”, explicou.